29 de set de 2011

Professores invadem Assembleia do Ceará e jogam banco na polícia.

Os professores da rede estadual do Ceará entraram em confronto com o Batalhão de Choque da Polícia Militar na manhã desta quinta-feira (29) na Assembleia Legislativa. Os grevistas usaram um painel como escudo e arremessaram bancos contra os policiais. Dois professores ficaram feridos e quatro foram detidos. É a segunda vez, só neste mês, que a Assembleia é palco de confronto entre policiais e professores.
Os ânimos se acirraram por volta das 9 horas, quando alguns professores tentaram forçar a entrada no plenário da Casa. Depois, um grupo de 200 pessoas se concentrou na entrada do plenário ameaçando invadi-lo. Cerca de 30 homens da Tropa de Choque da PM foram chamados para conter os manifestantes.
Duas pessoas acabaram feridas e quatro detidas pela polícia. Um painel artístico de quatro metros de comprimento foi arrancado e usado como escudo pelos manifestantes. Eles também arremessaram bancos contra os policiais. Pedaços de madeira, facas, paus e outros artefatos foram apreendidos com os professores.
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Roberto Cláudio (PSB), justificou o uso da força policial. “Tenho a premissa de preservar o patrimônio público, até porque prevaricaria se não fizesse isso”, disse ele. “Recrimino qualquer ato de violência, de qualquer natureza. A violência tem que ser deixada de lado deste parlamento. Sei que os professores de bem não participaram desse ato”, afirmou.
Desde quarta-feira (28) os professores estão acampados na Assembleia. Eles não concordam com a mensagem do governo do Ceará que reajusta o salário de uma parte dos educadores, mas não contempla todos os níveis da carreira.
Dos 35 mil professores ativos e inativos da rede estadual, apenas um grupo de 250 foi contemplado. Esses profissionais são de nível médio e passarão a receber o piso nacional do magistério de R$ 1.187. A categoria tentou impedir que a matéria fosse aprovada pelos deputados, mas, dos 46 parlamentares, apenas quatro votaram contra.
"Essa matéria tenta apagar fogo com gasolina", disse o deputado Roberto Mesquita (PV), um dos que votaram contra o reajuste. Para ele, o governo não prioriza a educação, pois dinheiro não seria problema para o governo. "O Ceará se mostra para o mundo como o Estado que, nominalmente, em valores absolutos, é o quarto da federação a fazer mais investimentos e, proporcionalmente, é o primeiro", ponderou.
Durante a votação, os professores tentaram forçar a entrada do plenário novamente e a polícia usou grande quantidade de gás de pimenta e forçou os manifestantes a recuarem. A Assembleia continua ocupada.

FONTE: PORTAL IG

27 de set de 2011

Convocatória do II Seminário Internacional do PSOL.

Leiam também no http://mail.mailig.ig.com.br/mail/?AuthEventSource=SSO#inbox/132a399558cf34a8

**O II Seminário Internacional do PSOL e a nova conjuntura mundial
**Construir o 15 de Outubro no Brasil
**Crise do neoliberalismo: a luta chilena por educação gratuita e por democracia real.
**Notas sobre Líbia, o imperialismo e a revolução árabe
**Pelo reconhecimento do Estado Palestino
**Nouriel Roubini: “Karl Marx estava certo”

FONTE: PSOL INTERNACIONAL

25 de set de 2011

Pelo reconhecimento do Estado Palestino .

Por Felipe Ultramari*
O governo da Palestina levará à Assembléia Geral da ONU o pedido de reconhecimento do estado palestino. Tudo indica que a proposta será aprovada pela maioria dos países, o que provavelmente deve se seguir o veto dos EUA.
A proposta surge numa conjuntura cada vez mais desfavorável ao governo de Israel. A revolução que depôs Mubarak, o principal aliado árabe de Israel, desencadeou uma nova geopolítica: o governo provisório egípcio abriu sua fronteira com a Faixa de Gaza, e agora já se está falando do fim do pacto de Camp Davis. O povo egípcio está demonstrando forte adesão à causa palestina, como visto na recém ocupação da embaixada israelense por manifestantes no Cairo. Além disso, a revolução árabe incitou a retórica pró-palestina do governo turco e inspirou centenas de milhares de jovens israelenses a lutar por seus direitos, abalando o próprio governo. A resolução proposta pelo governo palestino se inspira nestes ventos de mudanças e certamente inspirará as mudanças que ainda virão.
O reconhecimento do Estado Palestino seria um primeiro passo favorável à luta histórica do povo palestino pela recuperação de seus territórios. Seria uma conquista importante de uma luta mais ampla pelo fim do regime sionista, das ocupações israelenses, do cerco a gaza, pelo restabelecimento das fronteiras de 1967 e a volta dos refugiados, além do reconhecimento de Jerusalém como Capital. O eventual reconhecimento garantiria um novo patamar de legitimidade às posições palestinas, mudaria a correlação da forças e o sufocamento que sofre o povo palestino, cercado por tropas sionistas há 63 anos, e serviria ao isolamento do governo sionista. Luta da qual o povo palestino deve ser protagonista, mas à qual se soma todo o povo árabe e os internacionalistas combativos.

* Sociólogo e colaborador da Secretaria de Relações Internacionais do PSOL

23 de set de 2011

Museu da Memória e dos Direitos Humanos no Chile.

O Museu da Memória e dos Direitos Humanos é um projeto bicentenário, inaugurado em janeiro de 2010 pela ex-presidenta socialista Michelle Bachelet. Em seus espaços estão guardados registros das violações a direitos humanos ocorridas no Chile entre os anos de 1973 e 1990.
Com a sua criação, buscou-se facilitar à comunidade o conhecimento do que ocorreu no país, reivindicar a dignidade das vítimas, contribuir para a construção de uma sociedade sustentada nos valores da tolerância, da solidariedade, do respeito à diversidade, e impulsionar iniciativas educativas que convidem ao conhecimento e à reflexão. Sua instalação na rua Matucana busca fortalecer o circuito cultural Santiago Poente.
Através de objetos, documentos e arquivos em diferentes suportes e formatos, e uma inovadora proposta visual e sonora, é possível conhecer parte desta história: o golpe de Estado, a repressão dos anos posteriores, a resistência, o exílio, a solidariedade internacional, as políticas de reparação.
O patrimônio de seus arquivos contempla testemunhos orais e escritos, documentos jurídicos, cartas, relatos, produção literária, material de imprensa escrita e audiovisual, longa-metragens, material histórico e fotografias documentais.
Seus espaços para exposições temporárias, a praça de 6 mil metros quadrados, o auditório e as obras de arte que fazem parte de sua arquitetura estão destinadas a converter o museu em uma instituição cultural de primeira importância na cidade de Santiago. Um espaço dinâmico e interativo que resgata a história recente do Chile e se reencontra com a verdade, que cresce e se projeta na promoção de uma cultura de respeito à dignidade das pessoas.
Fundamentos
O dia 11 de setembro de 1973 é um marco na história do Chile, um momento em que a vida de milhares de chilenos mudou para sempre. Quebrou-se a institucionalidade e se declarou o fim do Estado de Direito. A ocupação militar deu lugar à criação da Junta de Governo que, após o fechamento do Congresso Nacional, passou a exercer a autoridade absoluta no país.
Durante a ditadura de Augusto Pinochet, milhares de chilenos e chilenas foram perseguidos, privados de liberdade, exilados, exonerados, torturados, executados ou “desparecidos”. Os organismos de segurança semearam o medo e exerceram o controla da cidadania através da vigilância permanente, da elaboração de listas negras e da censura. A repressão foi massiva e indiscriminada apesar da condenação e da solidariedade internacional. A violência interna ultrapassou as fronteiras. Ocorreram uma série de atentados no exterior, como a Operação Colombo e os atentados contra a vida de destacadas personalidades.
Primeiro a Igreja e depois os familiares das vítimas criaram organismos e agrupações de defesa dos Direitos Humanos em Santiago e diversas regiões. A luz destes fatos, o Museu da memória recolheu casos exemplares e propôs uma reflexão que transcendesse o ocorrido no passado e servisse às novas gerações para construir um futuro melhor de respeito irrestrito à vida e à dignidade das pessoas.
História do museu
O Museu da Memória e dos Direitos Humanos nasceu como um ato de reparação moral às vítimas das violações de direitos humanos e por uma solicitação dos organismos de defesa dos direitos humanos para ter um lugar onde pudessem guardar e preservar seus arquivos. Seu propósito é dignificar as vítimas e suas famílias, estimular a reflexão e o debate sobre a importância do respeito e da tolerância, para que esses fatos não se repitam mais. Foi concebido como um lugar que, a partir da revisão do passado, busca instalar os valores associados aos direitos humanos no presente e projetá-lo para o futuro.
O objetivo fundamental desta iniciativa é o resgate da memória de nosso país, desde os primeiros anos da ditadura, quando vencendo o medo e a repressão, as pessoas começaram a esconder e preservar documentos, cartazes, fotografias, objetos e a construir memoriais para não se render frente ao esquecimento. Com o passar dos anos, alguns desses materiais começaram a se extraviar e se deteriorar. Daí surgiu a necessidade de resgatá-los.

FONTE: INSTITUTO ZEQUINHA BARRETO

21 de set de 2011

DESPEDIDA.

Oficialmente hoje, recebemos a desfiliação do companheiro Célio do nosso partido. Este valioso companheiro que sempre foi parceiro de primeira ordem estava conosco na militância do PSOL praticamente desde o começo.
Com seu jeito simples e sincero, este companheiro irá lançar vôos que talvez aqui no PSOL ele não tivesse como fazê-lo.
Desejamos ao companheiro Célio muito sucesso em seu novo projeto partidário e agradecemos a sua valorosa contribuição ao partido e que sem dúvida nenhuma irá nos fazer muita falta..

Waldir Giacomo (vice-presidente do PSOL JF)

20 de set de 2011

TESES DO TERCEIRO CONGRESSO DO PSOL


LEIAM AS TESES EM http://psol50.org.br/terceirocongresso/

19 de set de 2011

PSOL DE PASSOS - MG PEDE CASSAÇÃO DE PREFEITO.

A direção do Partido Socialismo e Liberdade - PSOL de Passos, cidade localizada no sudoeste de Minas Gerais, distante 330 Km de Belo Horizonte, com o apoio do presidente estadual da legenda, João Batista da Fonseca, protocolizaram, na tarde da última quarta-feira (14/09), na Câmara Municipal de Passos, pedido de cassação do prefeito José Hernani Silveira (PMDB).
A denúncia tem como base documentos extraídos do Inquérito Civil Público presidido pelos Promotores de Justiça Paulo Márcio da Silva e Cristiano Cassiolato, que foi iniciado a pedido do Sindicato dos Servidores Municipais e pelo PSOL.
A petição endereçada à presidência da Câmara requer aos vereadores que recebam a denúncia, nomeie Comissão Processante e ao final condenem e consequentemente cassem o mandato do chefe do Executivo passense. Assinam a denúncia a educadora e presidente do PSOL, Marli Aparecida Ferreira Soares, a presidente do Sempre (Sindicato dos Empregados da Prefeitura de Passos) e vice presidente do PSOL, Nelza Efigênia dos Santos Costa, os advogados Paulo Cézar da Fonseca (tesoureiro) e Volneida Costa (secretária) e os vogais professora Rosania Aparecida de Souza Fonseca e o jornalista Paulo Natir.
A acusação contra Hernani é de irregularidades cometidas na contratação da empresa Única Zeladoria Limpeza e Serviços Ltda – ME, que prestou serviços de portaria, limpeza, copeiragem e jardinagem ao Município de Passos nos anos 2009 e 2010. Segundo o PSOL de Passos, referida empresa foi criada, em nome de laranjas, depois de ter sido escolhida pela administração municipal para prestar serviços de portaria, jardinagem, copeiragem e limpeza. Foram dois procedimentos de dispensa de licitação fraudulentos e uma prorrogação de contrato. Ao final de 14 meses, a empresa criada exclusivamente para prestar serviços à administração Hernani recebeu R$ 8 milhões dos cofres municipais. O último contrato com a empresa, firmado em 23/12/2009, com dispensa de licitação e participação na cotação de preços de empresa desativada, sendo que funciona no local um salão de cabeleireiro, tem valor 231% maior que o firmado com outra empresa em setembro de 2008.
O documento que pede a cassação do prefeito de Passos, cidade com 106 mil habitantes, critica duramente os secretários municipais e a controladoria do Município, que segundo o PSOL foram coniventes com as irregularidades apontadas. Os dirigentes do PSOL de Passos informaram que o Ministério Público também concluiu que as dispensas de licitações foram direcionadas para que a empresa UNICA fosse vencedora e que tramita na Justiça local ação civil pública de improbidade administrativa contra a empresa, o prefeito Hernani e outras cinco pessoas .
Agora, cabe aos 11 vereadores analisarem a denúncia e na próxima segunda-feira, dia 19/09, decidirem pelo seu arquivamento imediato ou a abertura de Comissão Processante. Se receberem a denúncia do PSOL a Comissão Processante composta por três membros, escolhidos através de sorteio, será formada na mesma sessão e terá 90 dias para apresentar relatório, sendo o primeiro passo a citação do prefeito para apresentar defesa e indicar as provas que pretende produzir.
O tesoureiro do PSOL de Passos, Paulo Fonseca, explicou que antes de entrar com a denúncia na Câmara o PSOL de Passos tornou público as ilegalidades cometidas pelo prefeito e que a pressão sobre os vereadores para o recebimento da denúncia é enorme. Fonseca faz questão de destacar o apoio do presidente estadual da legenda, João Batista, na definição dos procedimentos e tática de encaminhamento da denúncia.
Por sua vez, o presidente estadual do PSOL de Minas Gerais fez questão de destacar a competência da direção do partido em Passos e a importância de ações deste tipo para crescimento do partido. “O PSOL de Passos (MG) dá um exemplo de que é possível fiscalizar os agentes políticos mesmo não tendo representante na Câmara. Mostra também que precisamos assumir o espaço da esquerda no Brasil e lutarmos bravamente contra a corrupção. Parabéns aos companheiros de Passos pela coragem e competência”, disse João Batista.

16 de set de 2011

Voto Aberto no Legislativo: Frente Parlamentar proposta por Ivan Valente já conta com a assinatura de 190 deputados.

O PSOL continua colhendo assinaturas dos deputados federais para a criação da Frente Parlamentar em Defesa do Voto Aberto. Até o momento, 190 parlamentares assinaram o termo de adesão – número suficiente para o relançamento, que acontecerá na próxima semana, no Salão Nobre da Câmara dos Deputados.
A primeira ação da Frente Parlamentar será cobrar o presidente da Câmara, deputado Marco Maia, que coloque em votação a PEC 349/2001. Parada na Casa desde 2006, a PEC institui o voto aberto na Câmara e no Senado e foi aprovada em primeiro turno na Câmara por unanimidade – 393 votos a favor e nenhum contra –, mas ainda precisa ser apreciada em segundo turno, com 3/5 dos votos favoráveis (308). Sendo aprovada, segue para o Senado.
O deputado Ivan Valente, idealizador da ideia, afirma que a população tem o direito de saber como vota o seu parlamentar em relação a todas as matérias. “Em nome do interesse público, da democracia, da transparência e do respeito à cidadania brasileira não dá mais para prorrogar essa votação”.
O relançamento da Frente Parlamentar ganhou força após a absolvição, no final de agosto, da deputada Jaqueline Roriz, que não teve seu mandato cassado, apesar de ter sido flagrada em vídeo recebendo dinheiro de esquema do mensalão do DEM no Distrito Federal. Pedidos de cassação são um dos assuntos nos quais a votação é secreta, atualmente.
A Frente Parlamentar em Defesa do Voto Aberto já atuou no mandato anterior, mas foi extinta com o fim da legislatura. Seu relançamento está marcado para na terça-feira 20, às 16 horas, no Salão Nobre da Câmara. Serão convidadas entidades como a Confederação Nacional de Bispos do Brasil (CNBB), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Movimento de Combate à Corrupção (MCC), entre outras.


14 de set de 2011

Heloísa Helena desmente imprensa nacional e nega saída do PSOL.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a vereadora por Maceió, Heloísa Helena, negou, categoricamente, que esteja de saída do PSOL, partido esse que fundou após ‘sair do PT de forma conturbada’.
Sites de notícias e outros meios de comunicação de todo Brasil divulgaram a suposta intenção da vereadora em ‘arrumar as malas’ e abraçar o projeto de Marina Silva, que deixou o PV em julho e estuda criar um partido para se candidatar à Presidência novamente em 2014.
As notícias dizem ainda que elas ensaiaram a união ano passado, quando Heloísa quis ser vice de Marina, mas os ‘socialistas’ vetaram a ideia para lançar a candidatura de Plínio de Arruda Sampaio para presidente do Brasil.
Helena renunciou à presidência do PSOL depois da eleição, e agora autorizou a amiga a usar seu nome no movimento suprapartidário que deve dar origem a uma sigla sob sua liderança.
Segundo a assessoria, não existe a intenção de Heloísa Helena sair do PSOL. O que existe, hoje, é a vontade de ajudar Marina da Silva na obtenção das assinaturas necessárias para protocolar e, por conseqüência, oficializar o novo partido.
Ainda de acordo com a assessoria, Heloísa Helena será candidata à reeleição em Maceió.

ENVIADO POR: Sara Azevedo
Tel: 31 - 94340306
31 - 86066156

13 de set de 2011

Venezuela terá eleições presidenciais em 7 de outubro de 2012

O Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela (CNE) anunciou nesta terça-feira que a próxima eleição para a Presidência do país no período de 2013 a 2019 ocorrerá em 7 de outubro de 2012.
"Decidimos por unanimidade que este calendário eleitoral terá eleição presidencial em 7 de outubro", disse em entrevista coletiva a presidente do CNE, Tibisay Lucena, informando ainda que em dezembro de 2012 haverá os pleitos regionais, e em abril de 2013, as eleições locais.
Tradicionalmente, as eleições presidenciais aconteciam em dezembro. O anúncio da data para o pleito dá fim às especulações de que a votação poderia ocorrer em março de 2012.
O presidente venezuelano, Hugo Chávez, 57, deverá ser o candidato oficial, enquanto a oposição deverá realizar votações primárias no começo do ano que vem.
No poder desde 1999, ele passa por tratamento para a cura de um câncer e diz estar "confiante" de que estará totalmente recuperado para a campanha eleitoral.
Mais cedo nesta terça-feira, Chávez disse que se submeteria a uma quarta sessão de quimioterapia em breve, mas que esperava estar totalmente recuperado até o final do ano.
Apesar das dúvidas entre analistas políticos e seus opositores, o venezuelano disse que ele deveria ser capaz de disputar uma campanha vigorosa antes da eleição presidencial de 2012, e reafirmou sua ambição de governar por pelo menos dois outros mandatos de seis anos.
Em um telefonema para um programa estatal de televisão matutino, Chávez disse que se recuperou de uma infecção na garganta que o manteve afastado da vista pública nos últimos dias e mostrou como estava vulnerável a infecções durante o tratamento do câncer.

"Tenho fé, minha recuperação caminha bem", disse.

Segundo o presidente, ele fará uma quarta rodada de quimioterapia nos próximos dias. "Depois dessa quimioterapia, se Deus quiser será a última, eu sem dúvida começarei a me exercitar".
Os médicos devem fazer uma avaliação total em outubro para checar se não há mais células malignas, disse ele. Como prazo, Chávez colocou a cúpula regional que a Venezuela deve sediar em 2 de dezembro. "Até essa data, eu devo estar completamente recuperado para uma atividade como esta".
Chávez teve um tumor cancerígeno grande retirado em junho, mas não deu detalhes. Especialistas estimam que a operação --e o tratamento-- foi ao redor do cólon ou da área pélvica.

FONTE: FOLHA.COM

12 de set de 2011

MPF denuncia Edir Macedo por evasão de divisas e estelionato.

NÃO É SÓ EM BRASÍLIA QUE AS COISAS NÃO ANDAM BEM!!!

O bispo Edir Macedo Bezerra, líder religioso da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), e outras três pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público Federal (MPF) por lavagem dinheiro e evasão de divisas, formação de quadrilha, falsidade ideológica e estelionato contra fiéis para a obtenção de recursos para a Igreja.
Os três dirigentes denunciados são: o ex-deputado federal João Batista Ramos da Silva, o bispo Paulo Roberto Gomes da Conceição, e a diretora financeira Alba Maria Silva da Costa. Eles são acusados de pertencer a uma quadrilha usada para lavar dinheiro da Iurd, remetido ilegalmente do Brasil para os Estados Unidos por meio de uma casa de câmbio paulista, entre 1999 e 2005.
Segundo a denúncia, do procurador da República Sílvio Luís Martins de Oliveira, o dinheiro era obtido por meio de estelionato contra fiéis da Iurd, por meio do "oferecimento de falsas promessas e ameaças de que o socorro espiritual e econômico somente alcançaria aqueles que se sacrificassem economicamente pela Igreja".

Falsidade ideológica

Os quatro também são acusados do crime de falsidade ideológica por terem inserido nos contratos sociais de empresas do grupo da Iurd composições societárias diversas das verdadeiras. O objetivo dessa prática era ocultar a real proprietária de diversos empreendimentos, a Universal. Uma cópia da denúncia foi encaminhada à área Cível da Procuradoria da República em São Paulo, solicitando que seja analisada a possibilidade de cassação da imunidade tributária da Igreja Universal.

FONTE: PORTAL IG

11 de set de 2011

A LIBIA - O QUE A MÍDIA JAMAIS IRÁ MOSTRAR...VEJA PARA O SEU CONHECIMENTO!!!

*A Líbia - O que a mídia jamais vai mostrar, veja :*

* **
> I ? KADDAFI. SEJA O BIZARRO QUE FOR, A ONU CONSTATOU EM 2007:

> 1 - Maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da África (até hoje é
> maior que o do Brasil);

> 2 - Ensino gratuito até a Universidade;

> 3 - 10% dos alunos universitários estudam na Europa, EUA, tudo pago;

> 4 - Ao casar, o casal recebe até US$50.000 para adquirir seus bens;

> 5 - Sistema médico gratuito, rivalizando com os europeus. Equipamentos
> de última geração, etc.;

> 6 - Empréstimos pelo banco estatal sem juros;

> 7 - Inaugurado em 2007, maior sistema de irrigação do mundo vem
> tornando o deserto (95% da Líbia) em fazendas produtoras de alimentos. *

* (Conheci ha mais de 20 anos engenheiros brasileiros que deram
consultoria neste mega-projeto.)**

> E assim vai...

> II - POR QUE DETONAR A LÍBIA, ENTÃO?...*

*> Três (3) principais motivos:**

> 1 - Tomar seu petróleo de boa qualidade e com volume superior a 45
> bilhões de barris em reservas;

> 2 - Fazer com que todo o Mar Mediterrâneo fique sob controle da OTAN.
> Só falta agora a Síria;

> 3 - E o maior, provavelmente: O Banco Central Líbio não é atrelado ao
> sistema mundial Financeiro. Suas reservas são toneladas de ouro, dando
> respaldo ao valor da moeda, o dinar, e desatrelando-o das flutuações do dólar.

> O sistema financeiro internacional ficou possesso com Kaddafi, após
ele propor, e quase conseguir, que os países africanos formassem uma moeda única desligada do dólar.

> III - O QUE É O ATAQUE HUMANITÁRIO PARA LIVRAR O POVO LÍBIO:*

*> 1 - A OTAN, comandada pelos EUA, já bombardeou as principais cidades**
> Líbias com milhares de bombas e mísseis que são capazes de destruir um
quarteirão inteiro. Os prédios e a infra estrutura de água, esgoto, gás e luz estão seriamente danificados;

> 2 - As bombas usadas contêm DU (Urânio depletado); tempo de vida 3 bilhões de ano (causa câncer e deformações genéticas);

> 3 - Metade das crianças líbias está traumatizada psicologicamente por
> causa das explosões que parecem um terremoto e racham as casas;

> 4 - Com o bloqueio marítimo e aéreo da OTAN, principalmente as crianças sofrem com a falta de remédios e alimentos;

> 5 - A água já não mais é potável em boa parte do país. De novo, as crianças são as mais atingidas;

> 6 - Cerca de 150.000 pessoas por dia estão deixando o país através das fronteiras com a Tunísia e o Egito. Vão para o deserto ao relento, sem água nem comida;

> 7 - Se o bombardeio terminasse hoje, cerca de 4 milhões de pessoas estariam precisando de ajuda humanitária para sobreviver ( Água, comida e remédios) de uma população de 6,5 milhões de pessoas.

> Em suma: O bombardeio "humanitário" acabou com a nação Líbia. Nunca mais haverá a nação Líbia. Foram varridos do mapa.*

> SIMPLES ASSIM

ENVIADA POR: MARIA LUIZA PIRES (mlpv@correios.net.br)

9 de set de 2011

André Barrocal.

BRASÍLIA – A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entrou nesta segunda-feira (05/09) com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para proibir empresas privadas de doarem dinheiro a políticos em campanhas eleitorais.

A entidade pede que uma liminar suspenda de imediato as leis que liberam financiamento privado. Mas, ao mesmo tempo, propõe que a regra atual valha por dois anos, tempo em que o Congresso votaria nova legislação. Ou seja, na eleição para prefeito no ano que vem, ainda haveria doação empresarial. Em 2014, para presidente e governador, não.

Para a OAB, doações particulares produzem interferência do poder econômico nas eleições e abrem espaço para a corrupção.

ENVIADO POR: ALOÍSIO BORBONE (SEC. GERAL DO PSOL JF)

7 de set de 2011

Cuba não reconhece o Conselho Nacional de Transição .

por MINREX

O Ministério das Relações Exteriores efectuou a retirada do seu pessoal diplomático na Líbia, onde a intervenção estrangeira e a agressão militar da NATO agudizaram o conflito e impediram o povo líbio de avançar para uma solução negociada e pacífica, no pleno exercício da sua autodeterminação.
A República de Cuba não reconhece o Conselho Nacional de Transição nem nenhuma autoridade provisória e só dará o seu reconhecimento a um governo que se constitua nesse país de maneira legítima e sem intervenção estrangeira, mediante a vontade livre, soberana e único do povo irmão líbio.
O embaixador Víctor Ramírez Peña e o primeiro secretário Armando Pérez Suárez, acreditados em Tripoli, mantiveram uma conduta impecável, estritamente apegada ao seu estatuto diplomático, correram riscos e acompanharam o povo líbio nesta trágica situação. Foram testemunhas directas dos bombardeamentos da NATO sobre objectivos civis e da morte de pessoas inocentes.
Com o grosseiro pretexto da protecção de civis, a NATO assassinou milhares deles, desconheceu as iniciativas construtivas da União Africana e de outros países e, inclusive, violou as questionáveis resoluções impostas pelo Conselho de Segurança, em particular com o ataque a objectivos civis, o financiamento e fornecimento de armamento a uma parte, bem como a instalação de pessoal operacional e diplomático no terreno.
As Nações Unidas ignoraram o clamor da opinião pública internacional, em defesa da paz, e tornaram-se cúmplices de uma guerra de conquista. Os factos confirmam as advertências prévias do comandante em chefe Fidel Castro Ruz e as oportunas denúncias de Cuba na ONU. Agora sabe-se melhor para que serve a chamada "responsabilidade de proteger" nas mãos dos poderosos.
Cuba proclama que nada pode justificar o assassinato de pessoas inocentes.
O Ministério das Relações Exteriores reclama a cessação imediata dos bombardeamentos da NATO que continuam a ceifar vidas e reitera a urgência de que se permita ao povo líbio encontrar uma solução pacífica e negociada, sem intervenção estrangeira, no exercício do seu direito inalienável à independência e à autodeterminação, à soberania sobre os seus recursos naturais e à integridade territorial dessa nação irmã.
Cuba denuncia que a conduta da NATO destina-se a criar condições semelhantes para uma intervenção da Síria e reclama o fim da ingerência estrangeira nesse país árabe. Apela à comunidade internacional a impedir uma nova guerra, insta as Nações Unidas a cumprirem seu dever de salvaguardar a paz e proteger o direito do povo sírio à plena independência e autodeterminação.

O original encontra-se em www.cubadebate.cu/...

Esta declaração encontra-se em http://resistir.info/ .
05/Set/11

5 de set de 2011

Educar para a celebração da vida e da Terra.

Dada a crise generalizada que vivemos atualmente, toda e qualquer educação deve incluir o cuidado para com tudo o que existe e vive. Sem o cuidado, não garantiremos uma sustentabilidade que permita o planeta manter sua vitalidade, os ecossistemas, seu equilíbrio e a nossa civilização, seu futuro. Somos educados para o pensamento crítico e criativo, visando uma profissão e um bom nivel de vida, mas nos olvidamos de educar para a responsabilidade e o cuidado para com o futuro comum da Terra e da Humanidade. Uma educação que não incluir o cuidado se mostra alienada e até irresponsável. Os analistas mais sérios da pegada ecológica da Terra nos advertem que se não cuidarmos, podemos conhecer catástrofes piores do que aquelas vividas em 2011 no Brasil e no Japão. Para se garantir, a Terra poderá, talvez, ter que reduzir sua biosfera, eliminando espécies e milhões de seres humanos.
Entre tantas excelências, próprias do conceito do cuidado, quero enfatizar duas que interessam à nova educação: a integração do globo terrestre em nosso imaginário cotidiano e o encantamento pelo mistério da existência. Quando contemplamos o planeta Terra a partir do espaço exterior, surge em nós um sentimento de reverência diante de nossa única Casa Comum. Somos insepráveis da Terra, formamos um todo com ela. Sentimos que devemos amá-la e cuidá-la para que nos possa oferecer tudo o que precisamos para continuar a viver.
A segunda excelência do cuidado como atitude ética e forma de amor é o encantamento que irrompe em nós pela emergência mais espetacular e bela que jamais existiu no mundo que é o milagre, melhor, o mistério da existência de cada pessoa humana individual. Os sistemas, as instituições, as ciências, as técnicas e as escolas não possuem o que cada pessoa humana possui: consciência, amorosidade, cuidado, criatividade, solidariedade, compaixão e sentimento de pertença a um Todo maior que nos sustenta e anima, realidades que constituem o nosso Profundo.
Seguramente não somos o centro do universo. Mas somos aqueles seres, portadores de consciência e de inteligência. pelos quais o próprio Universo se pensa, se conscientiza e se vê a si mesmo em sua esplêndida complexidade e beleza. Somos o universo e a Terra que chegaram a sentir, a pensar, a amar e a venerar. Essa é nossa dignidade que deve ser interiorizada e que deve imbuir cada pessoa da nova era planetária.
Devemos nos sentir orgulhosos de poder desempenhar essa missão para a Terra e para todo o universo. Somente cumprimos com esta missão se cuidarmos de nós mesmos, dos outros e de cada ser que aqui habita.
Talvez poucos expressaram melhor estes nobres sentimentos do que o exímio músico e também poeta Pablo Casals. Num discurso na ONU nos idos dos anos 80 dirigia-se à Assembléia Geral pensando nas crianças como o futuro da nova humanidade. Essa mensagem vale também para todos nós, os adultos. Dizia ele:
A criança precisa saber que ela própria é um milagre, saber, que desde o início do mundo, jamais houve uma criança igual a ela e que, em todo o futuro, jamais aparecerá outra criança como ela. Cada criança é algo único, do início ao final dos tempos. E assim a criança assume uma responsabilidade ao confessar: é verdade, sou um milagre. Sou um milagre do mesmo modo que uma árvore é um milagre. E sendo um milagre, poderia eu fazer o mal? Não. Pois sou um milagre. Posso dizer Deus ou a Natureza, ou Deus-Natureza. Pouco importa. O que importa é que eu sou um milagre feito por Deus e feito pela Natureza. Poderia eu matar alguém? Não. Não posso. Ou então, um outro ser humano que também é um milagre como eu, poderia ele me matar? Acredito que o que estou dizendo às crianças, pode ajudar a fazer surgir um outro modo de pensar o mundo e a vida. O mundo de hoje é mau; sim, é um mundo mau. E o mundo é mau porque não falamos assim às crianças do jeito que estou falando agora e do jeito que elas precisam que lhes falemos. Então o mundo não terá mais razões para ser mau.
Aqui se revela grande realismo: cada realidade, especialmente, a humana é única e preciosa mas, ao mesmo tempo, vivemos num mundo conflitivo, contraditório e com aspectos terrificantes. Mesmo assim, há que se confiar na força da semente. Ela é cheia de vida. Cada criança que nasce é uma semente de um mundo que pode ser melhor. Por isso, vale ter esperança. Um paciente de um hospital psiquiátricoque visitei, escreveu, em pirografia, numa tabuleta que ma deu de presente:"Sempre que nasce uma criança é sinal de que Deus ainda acredita no ser humano". Nada mais é necessário dizer, pois nestas palavras se encerra todo o sentido de nossa esperança face aos males e às tragédias deste mundo.

Leonardo Boff é autor de "Cuidar da Terra-proteger a vida",Record, Rio de Janeiro 2010

3 de set de 2011

Assunto: Lá vem o Brasil descendo a ladeira...

Para os iluminados que acham que a assunção de Dilma será um grande negócio para as empresas e para o povo em geral, um pequeno lembrete...
É interessante saber isso.Preparem-se para o que virá.
BRASIL - DIVIDA INTERNA E DIVIDA EXTERNA.
Leiam e observem a analise ponderada,muito bem explicada pelo economista Waldir Serafim.
SAIBA O QUE LULA FEZ DE 2002 A 2010 COM A "DIVIDA INTERNA/EXTERNA" DO BRASIL
Você ouve falar emD ÍVIDA EXTERNA e DÍVIDA INTERNA em jornais e TV e não entende direito vamos explicar a seguir:
DIVIDA EXTERNA
é uma dívida com os Bancos,Mundial, o FMI e outras Instituições,no exterior em moeda externa.
DIVIDA INTERNA
é uma dívida com Bancos em R$ (moeda nacional) no país.
Então, quando LULA assumiu o Brasil,em 2002, devíamos:
ü Dívida externa = 212 Bilhões
ü Dívida interna = 640 Bilhões
ü Total da Dívida = 851 Bilhões
Em 2007 Lula disse que tinha pago a dívida externa.
E é verdade, só que ele não explicou que,para pagar a dívida externa,ele aumentou a dívida interna:
Em 2007 no governo Lula:
ü Dívida Externa = 0 Bilhões
ü Dívida Interna = 1.400 Trilhão
ü Total da Dívida = 1.400 Trilhão
ou seja, a Dívida Externa foi paga, mas a dívida interna quase dobrou.
Agora, em 2010, você pode perceber que não se vê mais na TV e em jornais algo dito que seja convincente sobre a Dívida Externa quitada.
Sabe por que? É que ela voltou...
Em 2010 no governo Lula:
ü Dívida Externa = 240 Bilhões
ü Dívida Interna = 1.650 Trilhão
ü Total da Dívida = 1.890 Trilhão
ou seja, no governo LULA,a dívida do Brasil aumentou em 1 Trilhão!!!
Daí é que vem o dinheiro que o Lula está gastando no PAC,
bolsa família, bolsa educação, bolsa faculdade, bolsa cultura,
bolsa para presos, dentre outras mais bolsas...
e de onde tirou 30 milhões de brasileiros da pobreza !!!
E não é com dinheiro do crescimento,
mas sim, com dinheiro de ENDIVIDAMENTO.
Compreenderam?
Ou ainda acham que Lula é mágico?
Ou que FHC deixou um caminhão de dólares para Lula gastar?
Quer mais detalhes,sobre dívida interna e externa do Brasil?
acesse o site:

http://www.sonoticias.com.br/opiniao/2/100677/divida-interna-perigo-a-vista
http://www.sonoticias.com.br/noticias/2/52034/divida-publica-aumenta-no-governo-lula-e-chega-a-44-das-riquezas-produzidas-no-pais

Os brasileiros, vão pagar muito caro pela atitude perdulária do governo Lulla,
que não está conseguindo pagar os juros dessa
"Dívida trilhardária"
tendo que engolir um "spread"(txa. juros)muito caro para refinanciar os "papagaios",
sem deixar nenhum benefício para o povo,mas apenas DIVIDAS A PAGAR por todos os brasileiros, que já pagam seus impostos...!!!

REPASSE PELO BEM DO PAÍS

!!! ACORDA BRASIL !!!

ENVIADO POR: NAURU (MILITANTE DO PSOL)