3 de fev de 2013

Fidel Castro vai a seção eleitoral votar pela primeira vez desde 2006

O líder cubano Fidel Castro, 86, compareceu neste domingo (3) a uma seção eleitoral de Havana para votar pela primeira vez desde que ficou doente em 2006 e delegou o poder a seu irmão, o presidente Raúl Castro, noticiou um meio de comunicação local.
"Por volta das cinco da tarde [19h de Brasília], chegou Fidel ao colégio eleitoral número um do município de Plaza da Revolução, em Havana", reportou a Agência de Informação Nacional.
Desde que ficou doente, em julho de 2006, Fidel emitia seu voto em casa, no bairro de Miramar, zona oeste de Havana, como ocorreu nas municipais de outubro passado, e deixou de assistir às sessões ordinárias do Parlamento.
Raúl Castro, 81, votou no povoado de Mayarí Arriba, província de Santiago de Cuba, a 900 km ao leste de Havana. Ele visita desde sábado o povoado para "avaliar o andamento da recuperação após a passagem do furacão devastador Sandy", segundo a TV local.
FIDEL
Líder histórico da Revolução Cubana, Fidel se dedicou a escrever artigos na imprensa local --cerca de 400, até deixar de publicá-los em 19 de junho-- e livros sobre sua luta em Serra Maestra e a receber personalidades internacionais em sua residência desde que se afastou do poder.
Ele recebeu em sua casa, na quinta-feira, o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, que participou em Havana de um encontro internacional "pelo equilíbrio do mundo".
ELEIÇÃO
Estavam inscritos nas eleições de hoje 8,5 milhões de cubanos. Eles elegeram, por voto direto e secreto, os 612 membros do Parlamento --entre eles Fidel e Raúl-- e os 1.269 membros das 15 assembleias provinciais.
O número de candidatos é exatamente o mesmo que o número de vagas, tanto no Parlamento quanto nas assembleias, um processo que não põe em risco a hegemonia do Partido Comunista --o único do país-- sobre a sociedade.

FONTE: FOLHA.COM

Nenhum comentário:

Postar um comentário