20 de out de 2010

Heloisa Helena deixa presidência do PSOL e fica como militante.

Candidata derrotada ao Senado de Alagoas, Heloisa discorda do apoio do partido à candidatura Dilma (PT)
Agência Brasil | 20/10/2010 11:03
A vereadora e ex-senadora do PSOL, Heloisa Helena (AL), decidiu se afastar da presidência nacional do partido por causa do apoio da legenda à candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT). No comunicado, Heloisa Helena deixa claro que continuará na militância do PSOL. Ela concorreu a uma das duas vagas ao Senado mas não conseguiu se eleger.
“Em respeito à nossa militância e aos muitos dirigentes que tanto admiro e por total falta de identidade com as posições assumidas nos últimos meses pela maioria das instâncias nacionais (culminando com o apoio à candidatura de Dilma), tenho clareza que melhor será para a organização e estruturação do partido o meu afastamento e a minha permanência como militante fundadora do PSOL”, afirma a ex-senadora na nota.
Heloisa Helena criticou as “alterações estatutárias” promovidas pela direção do partido que, na prática, já teria lhe afastado “de fato” da presidência da legenda. Por conta dessas disputas internas e por ter sido eleita presidente do partido por uma chapa minoritária, a vereadora optou pelo afastamento mantendo-se, apenas, como militante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário