29 de mai de 2012

EM JUIZ DE FORA: VEREADORES ADIAM O FIM DOS PENDURICALHOS

O projeto de decreto legislativo aprovado por unanimidade no Senado que acaba com o 14º e o 15º salário dos parlamentares começou a tramitar na semana passada na Câmara Federal, mas, na Municipal, os vereadores não pretendem discutir o assunto até pelo menos a segunda quinzena de junho. Na sessão de ontem, a penúltima desse período legislativo, chegou a entrar em pauta o projeto dos vereadores José Sóter Figueirôa (PMDB) e Noraldino Júnior (PSC) que extingue o pagamento do "auxílio paletó" - e também do pagamento por reunião extraordinária - a partir de janeiro, na próxima legislatura.
O vereador José Emanuel de Oliveira (PSC), no entanto, solicitou vistas da matéria, alegando que o Congresso já está discutindo o assunto. "É muito complicado para nós passar na frente, nos precipitando ao Congresso. Vamos ficar na expectativa do Congresso", defendeu, citando o efeito cascata que haverá nas assembleias legislativas e câmaras municipais de todo o país caso a Câmara de Deputados aprove a medida. Atualmente, os vereadores de Juiz de Fora recebem 15 salários anuais no valor de R$ 10.260,95, além de um décimo desse valor por cada sessão extraordinária até o limite de quatro por mês. A partir de janeiro, o vencimento mensal saltará para R$ 15.031,76, com aumento automático também sobre as sessões extras, se o penduricalho não for extinto até lá.

FONTE: TRIBUNA.COM

Nenhum comentário:

Postar um comentário