1 de mai de 2010

PLÍNIO PRESIDENTE. PARA RENASCER A ESPERENÇA.

O Brasil não reconhece a si mesmo. O povo vive uma situação paradoxal: de um lado, medo e sofrimento pela perversidade da vida real grávida de desemprego, violência no campo e na cidade, tortura moral causada pela prostituição infanto-juvenil, extermínio de jovens pobres pela política de “faxina” feita pelo Estado em nome do combate ao crime organizado e, de outro, uma confusão de espíritos que dificulta a percepção de tudo isso é causado por uma política e que essa política tem responsáveis; que o programa dos governos de FHC e Lula, ao privilegiar os interesses de banqueiros, do agronegócio, das mineradoras e demais corporações, aprofundam as desigualdades sócio-espaciais, segregando as classes pobres nas infinitas favelas e acampamentos em todo o território brasileiro. O renascimento da fé e a coragem de ser feliz das últimas eleições deram lugar à crença de que todos os partidos políticos são corruptos e que, em sendo assim, ao invés de mudanças, por que não se contentar com as migalhas das políticas assistenciais, que servem apenas para garantir o sono dos injustos que mandam no país? Mas, os olhos indormidos da maioria continuam perturbados pelos ruídos dessas perversidades que habitam as famílias trabalhadoras nos lares, nas estradas, nas ruas.
O PSOL e o conjunto dos socialistas brasileiros sabem muito bem que não se pode perdoar nem redimir os crimes contra a esperança. Por isso, escolheu entre os filhos do povo, um de seus mais preparados e bravos pensadores e lutadores. É PLÍNIO DE ARRUDA SAMPAIO quem vai comandar a luta cívica para fazer triunfar novamente a esperança no futuro justo e feliz.
PLÏNIO – ainda pré-candidato à presidente – será o comandante da caravana que, por ser popular, fará renascer a alegria e a fé dos “de baixo” na construção do amanhã socialista do Brasil.

FONTE: BLOG DO EDMINSON (http://somostodosedmilson.blogspot.com/2010/04/plinio-presidente-para-renascer.html)

Nenhum comentário:

Postar um comentário