25 de out de 2012

Premiê e chanceler israelenses anunciam coalizão para 2013

O primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, do partido Likud, e seu ministro das Relações Exteriores, Avigdor Lieberman, do ultradireitista Yisrael Beiteinu, surpreenderam ao anunciar nesta quinta-feira uma lista conjunta para as eleições de 22 de janeiro de 2013.
"Israel necessita de uma coalizão forte baseada em uma só lista", disse Netanyahu ao anunciar em Jerusalém a nova aliança. O primeiro-ministro explicou que é necessário "fortalecer Israel" diante de ameaças que o país deve enfrentar no futuro, entre elas o Irã.
O chanceler de Israel, Avigdor Lieberman (à esq.), e o premiê Binyamin Netanyahu selam acordo de coalizão para 2013
Em breve pronunciamento à mídia, Netanyahu disse que "é o momento de estarmos unidos" porque essa "é a melhor forma de defender Israel". Sem batizar essa nova coalizão, afirmou que ela "fortalecerá o governo, o primeiro-ministro e, definitivamente, o Estado [de Israel]".
Já Lieberman indicou que, ao apresentar uma lista única com o Likud, tem a intenção de "contribuir para a estabilidade do próximo governo". "De fato, de agora em diante, promovemos uma mudança no sistema político que vai garantir a estabilidade" do poder, insistiu.
Das 120 cadeiras disponíveis no Parlamento, o Likud detém atualmente 28 e o Israel Beitenu, 15.
O Parlamento israelense votou pela sua dissolução em 15 de outubro e convocou legislativas antecipadas, em meio a um clima de tensão regional. Segundo as últimas pesquisas de intenção de voto, os partidos dos dois líderes devem manter os assentos ou saírem fortalecidas das próximas eleiçõe

FONTE: FOLHA.COM

Nenhum comentário:

Postar um comentário